Home > Notícias > Discussão sobre alteridade, dominação e identidade marcam primeiro dia de Seminário no CRP-03

Discussão sobre alteridade, dominação e identidade marcam primeiro dia de Seminário no CRP-03

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Atividade segue até 05 de maio 

A conferência Alteridade, dominação e identidade deu início ao primeiro dia do Seminário Psicologia e Relações Étnico-Raciais na Bahia, nesta quarta-feira, dia 03. Para abrir a programação do evento, a discussão foi conduzida pelo professor da USP, Alessandro Santos, que falou sobre os três conceitos e suas relações com a Psicologia. O seminário será realizado até o dia 05, no auditório do Conselho Regional de Psicologia (CRP-03).

Para o professor, a Psicologia tem um papel decisivo para a promoção da igualdade étnico-racial no Brasil. “O país avançou muito em termos de marcos regulatórios e ações, a exemplo das ações afirmativas. No entanto, não adianta avançar desta forma se, do ponto de vista das relações humanas, continuarmos a nos relacionar como no período pós-colônia. A ciência que mais trabalha essas relações é a Psicologia, o que mostra a importância do seu papel”, afirmou Alessandro Santos.

De acordo com Valter da Mata, presidente do CRP-03, a Psicologia tem um papel importante na cristalização da forma brasileira de pensar. “Não podemos falar em Psicologia e sim em Psicologias. São diversas perspectivas, campos e entendimento por parte das/os profissionais. Algumas dessas perspectivas estiveram compactuadas com a elite do país, em concordância com a dominação de um grupo sobre outros”, declarou o presidente.

A mesa redonda “A Psicologia na compreensão das relações étnico-raciais na Bahia” deu continuidade à programação do dia.

Saiba mais sobre os próximos dias de programação aqui.