Home > Notícias > Diversidade no contexto escolar é tema de Colóquio

Diversidade no contexto escolar é tema de Colóquio

segunda-feira, 10 de abril de 2017

No último sábado (08), estudantes, psicólogas/os e profissionais de outras áreas participaram do I Colóquio Psicologia Escolar e Educacional: Incluindo Diversidades. No encontro, as/os participantes puderam refletir sobre diversos temas a partir do espaço escolar e suas particularidades. A atividade foi realizada na sede do CRP-03, através do Grupo de Trabalho Psicologia e Educação (GTPE) que faz parte da Comissão de Direitos Humanos do Conselho.

Para compartilhar experiências e provocar os debates, o GT trouxe cinco convidadas/os atuantes na temática. Bruno Vivas, Conselheiro do CRP-03, Carmedite Moreira, doutoranda em Psicologia, Karla Geyb, mestra em Psicologia, Marília Soares, mestra em Estudos Étnicos e Africanos e Rosangela Francischini, mestra em Psicologia Escolar ministraram as palestras.

Na primeira apresentação, Rosangela Francischini chamou atenção para a diversidade e alteridade. Na opinião da psicóloga é necessário quebrar um padrão de referência, já que todas/os as pessoas são diversas e únicas/os, dentro da condição de humanidade. O desrespeito religioso dentro do ambiente escolar também foi colocado em pauta. De acordo com Karla Geyb, as/os crianças pertencentes às religiões de origem africana são as mais perseguidas e possuem uma trajetória marcada pelo isolamento social, silenciamento e outros sofrimentos.

O preconceito e a discriminação ainda existem na prática da Psicologia, segundo Carmedite Moreira. Para a convidada, a escola ainda não está preparada para lidar com questões como orientações sexuais e identidades de gênero, por exemplo: “É um desafio tentar dar conta e refletir sobre isso com tantas demandas, pouco conhecimento e muito preconceito”. A temática das relações raciais não poderia ficar de fora dos debates. Durante a sua apresentação, Marília Soares afirmou que a escola é uma instituição branca, com conteúdos vindos da Europa e essa prática deve ser repensada para que sejam criadas ações mais afirmativas. As pontuações destacadas levaram ao questionamento a respeito da formação da/o profissional de Psicologia. Bruno Vivas, assim como as/os outras/os palestrantes destacou a ausência desses assuntos durante a fase acadêmica e como isso pode impactar de forma negativa nas práticas.

Lançamento do livro

Além das palestras, o Colóquio contou com o lançamento do livro: “Psicologia Escolar: que fazer é esse?” para aproveitar a presença de Rosângela Francischini, uma das organizadoras da publicação. O livro é dividido em três partes: Reflexões Teóricas Sobre a Psicologia na Educação, A Psicologia Diante dos Desafios da Educação Inclusiva e Compartilhando Práticas em Psicologia Escolar. Para baixar a publicação clique aqui.