INTERVENÇÃO EM CIBERPSICOLOGIA | CRP-03
/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Novas Aquisições  →  INTERVENÇÃO EM CIBERPSICOLOGIA

INTERVENÇÃO EM CIBERPSICOLOGIA

Intervenção em Ciberpsicologia

Intervenção em Ciberpsicologia

Autora

Editora portuguesa LIDEL - Edições Técnicas

Publicação

2019

Páginas

304

Disponibilidade

Disponível na Biblioteca CRP-03

Forma de Aquisição

Doação

Instituição

Editora portuguesa LIDEL - Edições Técnicas

Descrição:

[Total: 0   Average: 0/5]

Resumo:

A Ciberpsicologia, enquanto área emergente e inovadora da Psicologia está focada no interesse e investigação da interação entre o indivíduo, a sociedade e a tecnologia. O fato de, recentemente, a American Psychological Association (APA) a ter classificado como uma especialidade (contando já com inúmeros psicólogos cibernéticos entre os seus membros) veio estimular e disseminar este domínio, lançando o desafio para uma maior atualização profissional, a par de melhores práticas de intervenção psicológica. Este livro, pioneiro nesta área em Portugal, aborda três níveis de aplicabilidade prática da Psicologia na interação com a tecnologia: investigação científica, prevenção de comportamentos de risco e da doença e intervenção psicoterapêutica. Trata-se de uma obra rica e abrangente, que foca as questões atuais da utilização da Internet, bem como a potenciação das TIC na área da Psicologia, através de protocolos de investigação, intervenções psicológicas online, uso da gamificação e jogos na prática terapêutica, eHealth, mHealth e intervenção em muitas áreas sensíveis, como a oncologia, a reabilitação, a depressão, as dependências online, a obesidade, o luto, entre outras. Com contributos de vários especialistas com experiência na investigação e na prática clínica, esta obra inovadora destina-se principalmente a todos os profissionais e estudantes de Psicologia, mas também a uma vasta audiência das áreas da Saúde, Educação, Informática e Comunicação interessada em aprofundar o ciberfenómeno. Conteúdos abordados: · eHealth e mHealth, · Gestão do comportamento alimentar, · Sexualidade humana, · Gestão da parentalidade positiva, · Jogo online como recurso psicoterapêutico nas dependências.