CRP-03 | Comissões promovem evento sobre Queixa Escolar e a Rede de Atenção Psicossocial
/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Destaque Principal  →  Comissões promovem evento sobre Queixa Escolar e a Rede de Atenção Psicossocial
Blog
Blog

Comissões promovem evento sobre Queixa Escolar e a Rede de Atenção Psicossocial

No sábado, 25 de maio, aconteceu o último evento do Ciclo de Debates sobre as práticas clínicas em Psicologia e a queixa Escolar, organizado pelas Comissões de Educação e de Saúde do CRP-03. A roda de conversa com o tema “Queixa Escolar e a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS)”, contou com a participação da psicóloga Carolina Pinheiro, que atua no CAPS Infância e Adolescência do bairro da Liberdade (CAPSi), e  Klessyo Freire, psicólogo clínico e mestre em educação. Além disso participantes dos Grupos de Trabalho Psicologia e Educação, e Clínica e Psicologia estiveram presentes, assim como profissionais que atuam em escolas, clínicas e diretamente com o CAPSi.

O evento que aconteceu no auditório do Conselho teve como objetivo promover para a categoria, referências no sentido do que as psicólogas/os têm feito ao receber demandas de queixa escolar nesses espaços de saúde,  como o CAPSi.

De acordo com Klessyo Freire, momentos como esses se fazem muito importantes dentro da Psicologia voltada à criança e ao adolescente, pois no Brasil, a política de saúde mental pensada para esse público, ainda é muito recente. Durante o encontro, a psicóloga Carolina Pinheiro frisou que a concepção de sofrimento mental para a criança também é recente: “Se tratava das deficiências com o vazio de atuação do Estado, muito entregue a  filantropia”, disse.

Segundo o presidente da Comissão de Educação, Gabriel Gonçalves, há o intuito de romper com a lógica da clínica tradicional e individualizante, que tende a culpabilizar o sujeito a quem a queixa é produzida. “o evento foi importante mapear práticas e fazer os tensionamentos necessários das práticas condizentes à Comissão de Educação e ao que o Sistema Conselhos têm pensado no sentido da educação e romper com as práticas que não condizem”, ressaltou o presidente.