/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Notícias  →  Conquista do voto é marco na luta pelos direitos das mulheres

Conquista do voto é marco na luta pelos direitos das mulheres

No ano de 1932, o Código Eleitoral brasileiro passou a garantir o voto feminino. Na época o direito foi concedido somente para as mulheres casadas que tinham a autorização dos maridos, e para as viúvas que possuíam renda própria.

Ao longo dos anos e por conta de diversas lutas, as mulheres conseguiram ter o direito de votar igual ao dos homens, e inclusive de serem votadas para ocupar cargos políticos no Brasil. Muitas delas se destacaram como a professora Leolinda de Figueiredo Daltro, presidenta do Partido Republicano Feminino, a advogada Mirtes Campos que defendeu a constitucionalidade do voto feminino no Congresso Jurídico Nacional de 1922, a médica Carlota Pereira de Queirós, eleita a primeira deputada no Brasil, entre outras inúmeras mulheres que fizeram parte de um movimento tão importante.

A data de hoje é um marco na história dos direitos das mulheres e na luta pela igualdade de gênero.

#crp03 #crp03emmovimento #votofeminino