/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single-crepop.php
Início  →  CREPOP  →  Cartilha: Políticas Públicas  →  Saúde  →  Centros de Atenção Psicossocial (CAPS)  →  Documentos de Referência
ícone de arrastar para os lados Arraste as tabelas para os lados para visualizar todas as colunas.
PublicaçãoOrigemEmentaAnoLink
A regulação dos serviços de saúde mental no Brasil: inserção da psicologia no sistema único de saúde e na saúde suplementarCFPO livro organiza-se de forma a identificar as principais normas jurídicas que regulam a atenção à saúde mental no brasil e analisar a atual regulação estatal tanto no que se refere aos serviços prestados no âmbito do sistema único de saúde – sus quanto no que se refere aos serviços prestados no campo da saúde suplementar. Nesse sentido, foram analisadas de forma comparativa as normas jurídicas que regulam a saúde mental no brasil no sus e na saúde suplementar, a partir das seguintes perspectivas de atenção à saúde mental: I) serviços preventivos; II) serviços de emergência, hospitalares e ambulatoriais; III) serviços domiciliares e; IV) serviços terapêuticos e/ou por sessões.2013
Os direitos humanos na prática profissional dos psicólogosCFPConcepções, práticas e reflexões críticas é uma publicação do conselho federal de psicologia em parceria com o ministério da saúde. A cartilha visa à atualização dos psicólogos que trabalham com a população adolescente no brasil, proporcionando reflexões, novas ideias e debates, reforçando uma prática psicológica que respeite o adolescente em sua subjetividade e diferenças de etnia, de gênero e de classe social, e exigindo o cumprimento integral do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).2003
Saúde mental no SUS: os centros de atenção psicossocialMinistério da SaúdeEsta publicação destina-se a informar aos profissionais de saúde, gestores do sus, sobre o que são e para que servem os serviços de saúde mental, chamados Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).2004
Residências terapêuticas: para quem precisa de cuidados em saúde mental, o melhor é viver em sociedadeMinistério da SaúdeCartilha que visa esclarecer dúvidas comuns aos gestores e profissionais de saúde a respeito desta importante iniciativa de desinstitucionalização desenvolvida pelos SUS: questões ligadas ao financiamento, à legislação e ao quotidiano dos serviços residencial terapêutico (SRTS), entre outras.2004
Reforma psiquiátrica e política de saúde mental no BrasilMinistério da SaúdeCartilha que visa descrever os principais componentes da história da reforma psiquiátrica no Brasil, com destaque para o processo de delineamento progressivo da política de saúde mental do ministério da saúde, alinhada com os princípios da reforma.2005
Saúde mental no SUS: acesso ao tratamento e mudança do modelo de atençãoMinistério da SaúdeO objetivo deste documento é relatar os avanços e dificuldades, entre 2003 e 2006, da gestão do complexo processo de mudança da atenção à saúde mental, a partir de ações do Ministério da Saúde – um dos diversos atores do processo da reforma psiquiátrica brasileira.2007
Práticas profissionais dos(as) psicólogos(as) nos centros de atenção psicossocialCFP/CREPOPO relatório da pesquisa sobre a atuação de psicólogos nos centros de atenção psicossocial, que o conselho federal de psicologia apresenta aqui, constitui mais um passo no sentido de ampliar o conhecimento sobre a experiência dos psicólogos no âmbito das políticas públicas, contribuindo para a qualificação e a organização da atuação profissional, tarefa para a qual foi concebido o Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP).2009
Guia de direitos humanos: loucura cidadãAMEAElaborado a partir do ponto de vista e das experiências reais de usuários de serviços de saúde mental e psiquiátricos, o guia de direitos humanos loucura cidadã nos esclarece, de forma detalhada, os direitos dos cidadãos em sofrimento mental, como também o que fazer e a quem procurar, caso esses direitos sejam desrespeitados.2011
Contribuições do conselho federal de psicologia para a constituição da rede de atenção psicossocial no sistema único de saúde a partir do decreto 7.508/2011Conselho Federal de PsicologiaO decreto 7.508/2011 regulamenta a lei 8.080/1990, que dispõe sobre a organização do Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o decreto, o oferecimento de serviços de atenção psicossocial será condição obrigatória para a constituição de uma região de saúde. A partir disso, em reunião ocorrida em agosto de 2011, o ministério da saúde solicitou ao conselho federal de psicologia proposta de rede psicossocial adequada a uma região de saúde, de modo a contribuir para o debate sobre o assunto.2011
Guia prático de matriciamento em saúde mentalMinistério da SaúdeO(s) organizador(es) do guia prático de matriciamento em saúde mental convidaram-me para apresentar o que deverá ser um “livreto de bolso” que se destina, pelo que conhecemos em nossa experiência, a atingir um grande e relevante objetivo: capacitar profissionais da saúde geral, que atuam no nível dos cuidados primários ou básicos de saúde, assim como os de saúde mental que com eles interagem, para a prática diuturna das suas atividades, quando trabalhando os problemas da área da saúde mental.2011
Referências técnicas para atuação de psicólogas(os) no CAPS - Centro de Atenção PsicossocialCFP/CREPOPO conselho federal de psicologia (CFP) apresenta à categoria e à sociedade em geral o documento de referências técnicas para atuação de psicólogas(os) nos Centros de Atenção Psicossocial– CAPS, produzido a partir da metodologia do Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP). Este documento busca construir referência sólida para a atuação da psicologia na área.2013