Home > Notícias > CRP-03 relembra legado de Luíza Bairros

CRP-03 relembra legado de Luíza Bairros

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Há um ano, o movimento de mulheres negra brasileiro perdeu uma de suas maiores combatentes. Ex-ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luíza Bairros nasceu em março de 1953 e faleceu em 12 de julho de 2016. Sua trajetória, marcada pela militância em torno das questões raciais e de gênero, foi em grande parte construída na Bahia: atuou no movimento estudantil de Salvador, foi pesquisadora na Universidade Federal da Bahia e secretária  de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi).

Apesar da perda, Luiza Bairros deixou um importante legado. Foi responsável por criar o  Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), que tem como principal objetivo implementar políticas públicas que proporcionem à população negra igualdade de oportunidades. A ativista também realizou, por mais de 40 anos, articulações em todo país no combate à intolerância e à discriminação étnico-racial.

A obra de Luiza bairros continua viva, um símbolo da luta contra todas as formas de preconceito e discriminação, inclusive de gênero. O Conselho Regional de Psicologia relembra sua história, acreditando e defendendo as bandeiras levantadas pela ativista.

CRP-03, Salvador, 12 de julho de 2016.

Imagem da internet.