/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Notícias  →  Data destaca urgência de implementação de políticas públicas de alfabetização

Data destaca urgência de implementação de políticas públicas de alfabetização

11 milhões de pessoas analfabeta/os. Este é o número estimado, no Brasil, de pessoas com 15 anos ou mais de idade que não têm pleno domínio do alfabeto e das habilidades de leitura e escrita. Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam a urgência de implementação de políticas públicas de alfabetização mais eficazes.

O racismo estrutural é um dos principais fatores que dificultam a superação de problemas antigos que acometem o sistema educacional brasileiro há séculos. Com a alfabetização não é diferente, uma vez que analfabetismo entre negros é quase o triplo que entre brancos, também de acordo com o IBGE.

Este sábado (14/11), marca a passagem do Dia Nacional da Alfabetização, escolhido em homenagem à criação do Ministério da Educação e Cultura (MEC), em 1930, a partir do Decreto de Lei nº 19.402.

Com 11 milhões de pessoas analfabeta/os, a data serve para reiterar que falta muito ainda ser feito para reverter esse processo de exclusão social que atinge, principalmente, grupos mais vulneráveis.