/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Notícias  →  Dia Internacional contra a Exploração da Mulher destaca a atuação profissional das/os psicólogas/os no enfrentamento

Dia Internacional contra a Exploração da Mulher destaca a atuação profissional das/os psicólogas/os no enfrentamento

Instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas), a data fomenta a reflexão acerca das desigualdades e discriminações de gênero. Com 648 casos de feminicídio no Brasil, somente no primeiro semestre deste ano – de acordo com dados da 14ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública – é urgente combater todas as formas de violência contra as mulheres.

Conforme aponta o Anuário, a cada 2 minutos, uma mulher é agredida fisicamente, com 266,3 mil casos registrados de lesão corporal dolosa em decorrência de violência doméstica. No País, uma pessoa é estuprada a cada oito minutos, tendo chegado ao total de 66,1 mil vítimas no ano passado, sendo 85,7% do sexo feminino, e 57,9% das vítimas tinham até 13 anos (o que configura estupro de vulnerável).

Frente ao contexto pandêmico, que acentuou problemáticas que antecedem a pandemia, é imprescindível a atuação profissional das/os psicólogas/os no enfrentamento e cuidado da saúde mental das mulheres.

No dia 24 de julho de 2020, em Nota Coletiva, a Comissão de Mulheres e Relações de Gênero do CRP-03 (COMREG), juntamente com a Coletiva Muitas Psi, a Associação Baiana de Análise do Comportamento – Casa Comportamental, e o Coletivo Psicologias em Movimento, enfatizaram o papel imprescindível da Psicologia baiana na atuação em prol dos direitos das mulheres, no combate a todas as formas de opressão e na garantia de estratégias que visem à saúde mental da população e da categoria profissional. Leia a NOTA COLETIVA SOBRE PSICOLOGIA, SAÚDE MENTAL E VIOLÊNCIA DE GÊNERO

Em novembro, o Conselho Regional de Psicologia da Bahia participa, mais uma vez, dos 16 dias de ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Acompanhe em nossas redes.