CRP-03 | Nota de repúdio à “Adoção na passarela”
/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Destaque Principal  →  Nota de repúdio à “Adoção na passarela”
Blog
Blog

Nota de repúdio à “Adoção na passarela”

O Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03), através do Grupo de Trabalho Psicologia e Defesa dos Direitos da Criança e da/o Adolescente, da Comissão de Direitos Humanos, tomou conhecimento de um evento intitulado “Adoção na passarela”. O acontecimento que reuniu crianças e adolescentes a serem adotadas em Cuiabá, foi organizado pela Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara), em parceria com a Comissão de Infância e Juventude (CIJ), da Ordem das/os Advogadas/os do Brasil de Mato Grosso (OAB-MT).

O CRP-03 chama a atenção sobre a forma como essas crianças e adolescentes foram expostas publicamente. Essa exposição diverge do processo humanizado de adoção e viola os direitos humanos no contexto da infância e adolescência. É importante ressaltar, que práticas como essa, desrespeitam o Estatuto da Criança e da/o Adolescente (ECA), no qual versa sobre a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores da criança e da/o adolescente.

Um processo de adoção revela, além do desejo explicitado do cuidar, necessidades específicas de cada sujeito e reflexos de suas histórias, que vão repercutir na relação a ser estabelecida com a criança ou adolescente. Notoriamente não é possível alcançar isso nas circunstâncias em que o evento foi pensando.

Lembrando que o papel da/o profissional de Psicologia é destacado como de grande importância na literatura que discute o processo de desenvolvimento em relação à adoção. A/o psicóloga/o atua com intermediária/o no estabelecimento das relações, entre as/os futuras/os cuidadoras/es e a criança ou adolescente a ser adotada/o.

Diante disso, o CRP-03 vem a público repudiar a forma que foi pensada a ação e convida as instituições envolvidas, para um diálogo sobre a exposição de crianças e adolescentes, bem como o processo de adoção.