Home > Notícias > Subjetividade e Bem Viver de Povos indígenas – Uma urgência para a Psicologia

Subjetividade e Bem Viver de Povos indígenas – Uma urgência para a Psicologia

quinta-feira, 12 de Abril de 2018

O Dia do Índio é comemorado no dia 19 de abril. Nesta data, a partir das 18h, o Grupo de Trabalho Psicologia e Relações Raciais do CRP-03 realizará uma atividade na sede do Conselho para lembrar a importância deste dia. O tema do evento será “Subjetividade e Bem Viver de Povos indígenas – Uma urgência para a Psicologia

Produzir um espaço de debate e reflexão sobre processos de saúde e bem viver de povos indígenas são algumas das propostas do encontro. Segundo o GT, a Psicologia pouco primou em produzir espaços de emancipações dos povos indígenas e se mantém apartada e descompromissada com a promoção de direitos e o bem estar dessas comunidades originárias do Brasil. Além disso, existem poucas produções e  práticas que subsidiem  referências de atuação baseada em seus diversos modos de vida e organização política e cultural. “Todo esse contexto indica uma demanda emergente em que a psicologia precisa responder e manter seu compromisso social com os povos nativos que ainda resistem aos genocídios físicos e simbólicos que atentam contra suas existências”, afirmou o Grupo.

Convidadas/os:

Nádia Akauãá Tupinamb – Liderança indígena do povo Tupinambá. Mestra de Tradição Oral;

Filipe Milanez – Ecologista politico, Professor na UFRB de Descolonização do Conhecimento, Sociedade e Ambiente, Doutor pela Universidade de Coimbra, e Colunista na revista Carta Capital

Karoline de Carvalho Silva – Graduanda em Psicologia pela Universidade do Estado da Bahia, Índigena Pankararu , Ativista de movimentos indígenas;

Leonardo Mendes – Psicólogo formado pela UFPB, 4 anos de experiência na atuação com saúde indígena, Pós graduação em Saúde Coletiva pela Universidade Regional do Cariri; Pós graduação em Análise Institucional, Esquizoanálise e Esquizodrama pelo Instituto Félix Guatarri da Fundação Gregório Baremblitt.

Marina Juliet – Psicóloga atuando em CREAS com população indígena em Porto Seguro.

Mediação: Laura Augusta Barbosa de Almeida – Psicóloga e Coordenadora do GTPRR-03

Realização: Conselho Regional de Psicologia

Apoio: Comissão de Direitos Humanos.

O evento é gratuito e não precisa realizar inscrição prévia.

Informações: gtprr@crp03.org.br


Live dia 20 de abril

Vamos transmitir uma live no nosso instagram sobre Psicologia Social e Povos Indígenas  com Marcelo Calegare: Prof. Adjunto – Psicologia Social – FAPSI/UFAM, Coordenador do Programa de pós graduação em Psicologia.

Data: 20 de abril
Horário: 15h
CRP no Instagram: crp.03

Referências sobre Psicologia, Saúde e Direitos dos Povos Indígenas.