/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Notícias  →  Visibilidade trans e travesti é comemorada dia 29

Visibilidade trans e travesti é comemorada dia 29

Em 29 de janeiro de 2004, 27 mulheres travestis e pessoas transexuais participaram de uma campanha contra a transfobia, nos salões do Congresso Nacional, em Brasília. A campanha foi promovida pelo Ministério da Saúde com o objetivo de chamar atenção para o respeito à diversidade e pela garantia de direitos das pessoas trans e mulheres travestis. Foi a partir disso que a data ganhou essa definição e começou a integrar a agenda de pautas do movimento LGBTI+.

Pelo 12º ano consecutivo, o Brasil ainda lidera o ranking dos países que mais matam pessoas trans no mundo, de acordo com dados do Observatório de Assassinatos Trans. As informações apontam que nos primeiros meses do ano passado, 124 transexuais foram mortas no país. Segundo o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a expectativa de vida dessa população no Brasil é de 35 anos.

Mesmo com a falta de políticas e ações a nível nacional, algumas conquistas devem ser lembradas como a realização da cirurgia de redesignação sexual pelo SUS, reconhecimento do uso do nome social, criação de cotas para estudantes trans nas universidades públicas e também para as candidaturas por partido, nas eleições brasileiras. Em 2020, 30 pessoas trans foram eleitas/os em todo o país, como aponta a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA) em seu site oficial https://antrabrasil.org/.

ESTRATÉGIA DE BUSCA

Para a data, a Biblioteca do CRP-03 compartilha estratégia de busca com 40.388 resultados no REFNET. 

Link:https://bvsalud.org/queries/search_strategy/29-de-janeiro-dia-nacional-da-visibilidade-travesti/?l=pt_BR

Baixe aqui